O LAS é um formato de arquivo público para o intercâmbio de dados LIDAR entre os vendedores e clientes. Este formato de arquivo binário é uma alternativa para sistemas proprietários ou arquivos ASCII genéricos usados por muitas empresas.

A situação dos sistemas proprietários é óbvia para os dados que não podem ser migrados facilmente de um sistema a outro.

Há dois problemas principais com os arquivos ASCII. O primeiro problema é desempenho porque a leitura e interpretação de dados de elevação em um arquivo ASCII são mais lentas, pois estes arquivos geralmente são grandes, até mesmo para poucos dados. O segundo problema é que a informação específica dos dados LIDAR (metadados) não compõe o arquivo ASCII.

O LAS é um arquivo binário que mantém a informação específica dos dados LIDAR e ao mesmo tempo, não é complexo.

Os principais desenvolvedores de soluções fotogramétricas e LiDAR adotaram o formato LAS. Em 2003, A Sociedade Americana de Fotogrametria e Sensoriamento Remoto (ASPRS) por meio de seu Comitê de LIDAR, aprovou o formato LAS para intercâmbio de dados de LIDAR.

Desde então já foram desenvolvidas versões do formato LAS, principalmente para acomodar a evolução dos sensores LiDAR em suas características construtivas e operacionais. As versões anteriores do formato LAS podem ser encontradas em:

A atual versão do format LAS é a 1.4 que foi aprovada pelo Comitê da ASPRS em novembro de 2011 . Uma cópia da descrição do formato LAS 1.4 pode ser obtida em ASPRS LAS 1.4 Format Specification, November 14, 2011.

A expectativa é que o formato LAS substitua a diversidade de formatos proprietários LIDAR atualmente em uso, e melhore o fluxo de dados significativamente, seja dentro de uma corporação ou entre usuários e provedores de dados.